Fazenda que hospeda – história e novos serviços na Fazenda São Luiz da Boa Sorte

Fazenda São Luiz da Boa Sorte

O hotel Fazenda São Luiz da Boa Sorte está ressignificando hospedagem e gastronomia. Se hospedar numa fazenda pode representar uma experiência bem diferente do que se vê habitualmente no mercado.  Com um investimento importante em equipe especializada e serviços diferenciados, o hotel oferece opções de lazer e de gastronomia que superam expectativas.  

A fazenda fica na cidade de Vassouras, na BR 393, no Vale do Café, no Rio de Janeiro.   O seu nome é fruto da união de duas importantes fazendas do Ciclo Áureo do Café, a São Luiz e a Boa Sorte. Essas foram grandes fazendas do café e para oferecer hoje esse diferenciado padrão de hospedagem e experiência, passaram por uma restauração ampla e meticulosa.  Hoje é possível conhecer muito da história local e do cultivo do café em diversos ambientes e em cada detalhe da casa sede, do restaurante Tulha e até mesmo na recepção do hotel.   

Muito bem decorada e bem cuidada, a fazenda conta com uma sede onde estão suítes, áreas de convivência e, logo ao lado uma bela piscina aquecida que conta com serviço de bar de drinks, com uma carta assinada pela bartender Laura Paravato.   Outras suítes estão em uma outra área de hospedagem, mais nova e mais afastada da sede.   As suítes estão ambientadas com móveis de decoração de época, o que torna a experiência de se hospedar na fazenda única – e os detalhes da história e das peças da casa podem ser conhecidos durante um tour incluído na estadia no hotel.  

Na parte de lazer são destaque: a “prainha” de água doce, onde adultos e crianças nadam, curtem caiaque e boias; um spa com academia, sauna e hidromassagem; fazendinha; trilhas para caminhadas e cavalgada; e uma ampla área verde para passear e relaxar.  Para as crianças há recreação com atividades durante todo o dia. 

A história e a cultura do local e da região podem ser conhecidos de perto e com muitos detalhes num tour que acontece aos fins de semana. A fazenda conta com o Museu do Café em seu terreno, bem próximo à casa sede.  O museu foi criado para que a história dos escravos na época dos Barões do Café fosse preservada e que até hoje seja contada por muitas gerações. Numa visita guiada pelo museu é possível conhecer o processo de fabricação do café à época e como viviam os escravos que trabalhavam nas fazendas.  O historiador Marcelo nos leva por uma visita enriquecedora de cultura e conhecimento nesse museu e também no interior da sede.  

O restaurante Tulha é uma experiência a parte.  Aberto também para não hóspedes, o espaço oferece café da manhã, almoço, queijos e vinhos, e jantar.  Sob comando do maître Raimundo ( com experiência no Copacabana Palace e outros hotéis renomados no Rio de Janeiro), a equipe do Tulha oferece culinária brasileira e segue, de forma diferenciada, importantes padrões de segurança e qualidade no atendimento, tão importantes em temos de pandemia.  

O hotel fazenda São Luiz da Boa Sorte oferece pacotes de fim de semana e feriados prolongados, e pode atender em datas diferenciadas para grupos.  Conheça o site e o perfil do hotel no Instagram para mais informações e reservas: http://www.fazendasaoluizadaboasorte.com.br e @fazendasaoluizdaboasorte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s